O ridículo não existe; os que ousaram desafiá-lo de frente conquistaram o mundo.

- Octave Mirbeau

Teste vocacional: Qual sua importância na decisão?

Escolher uma profissão e uma área de atuação nem sempre é fácil, até mesmo porque geralmente é realizada ao final da adolescência ao final do ensino médio. 

São inúmeros os motivos que podem atrapalhar na escolha ou mesmo tornar o candidato inseguro com relação à escolha que tende a influenciar no restante de sua vida. É justamente para auxiliar nessa escolha e aumentar o grau de assertividade dela que o teste vocacional existe.

Embora possam ser realizados de acordo com diferentes metodologias e formas, os testes vocacionais tendem a ter o mesmo objetivo e destino: auxiliar o cidadão a encontrar atividades que melhor se enquadrem nos seus interesses e nos seus conhecimentos e facilidade de desenvolvimento.

Dessa maneira, é possível garantir, em certo grau, que o candidato escolha o tipo de profissão e/ou área de estudo que para ele tenha espaço ao mesmo tempo em que esta área continue despertando seu interesse e permitindo não só o sucesso profissional, mas também a felicidade laboral.

teste vocacional

DICA: Tudo o que você precisa saber sobre teste vocacional: https://vaidebolsa.com.br/

Dificuldades ao escolher uma profissão e área de atuação

Conforme apontado acima, são inúmeros os aspectos que dificultam a escolha de uma área de atuação e futura profissão.

Primeiramente, porque isso costuma ocorrer em torno dos 17 anos de idade do cidadão. Nessa época, dificilmente o indivíduo possui conhecimento sobre profissões, atividades, mercado de trabalho e outros assuntos que vão além da época de adolescência que se encerra.

Assim, escolher uma profissão numa idade tão tênar pode apresentar diversas dificuldades que envolvem a insegurança na escolha, o desconhecimento da área na prática e até mesmo a possibilidade de enquadramento futuro no mercado de trabalho.

Há vagas suficientes para tal profissão? Há procura desses serviços e eles são considerados essenciais? Essas são apenas algumas das perguntas que podem surgir.

Além disso, também é possível citar o constrangimento e medo de uma escolha errada que exija, no futuro, que se inicie tudo de novo, com novo vestibular, curso de faculdade.

teste vocacional

Portanto, o teste vocacional pode ser a chave para o sucesso da escolha e, também, para despreocupar o indivíduo que se depara com a necessidade de tomada de decisão relativa ao seu futuro no que diz respeito aos estudos e profissão.

Como funciona o teste vocacional?

Em primeiro lugar, o teste vocacional é uma ferramenta da área de psicologia que busca auxiliar o cidadão no que diz respeito ao auto-conhecimento, assim como a buscar atividades que se enquadrem nos seus pontos de interesse.

Aliás, cabe ressaltar que não existe apenas um aspecto do teste vocacional, pois ele se vale de diversas informações que fora colhidas de maneiras diversas. Dentre elas, por exemplo, estão as entrevistas psicológicas, avaliações e, também, eventual orientação profissional.

A soma dessas informações e aspectos é que será capaz de levar ao resultado efetivo e satisfatório no auxílio e direcionamento de um indivíduo à uma área de estudo e trabalho.

Assim, o teste atua de maneira a mapear as principais características de personalidade do indivíduo analisado e orientado. Portanto, esqueça os testes feitos pela internet a partir da cessão de poucos dados, pois eles são supérfluos e rasos e se utilizam de poucos dados quando comparados aos testes realizado por profissionais da psicologia.

Dessa forma, sempre deve ser dada preferência aos testes realizados por profissionais habilitados, que fazem a análise profunda de diversos dados e informações de maneira série e completa.

Quem pode se submeter ao teste vocacional?

Engana-se quem pensa que os testes vocacionais são destinados apenas para adolescentes e jovens em idade de prestar vestibular. Isso porque é possível aplicá-los, por exemplo, a adultos que já possuem uma relação profissional estabelecida, mas pretendem mudar de área em razão da insatisfação com seu cargo ou mesmo com a área de atuação.

Também, é possível aplicá-lo a crianças, embora isso não seja indicado face à rasa base de dados disponibilizada para esses casos e, também, pela ausência de efetividade. Por outro lado, eles podem ser usados, por exemplo, para a escolha de aulas ou atividades complementares à escola, analisando-se quais seriam mais efetivas para o menor.

Interpretação do teste vocacional: entenda

Conforme já apontado, são diversos os aspectos que devem ser analisados em um teste vocacional que pretende ser sério e efetivo.

Dessa maneira, tanto os dados que basearão os testes como o resultado desse deve ser realizado por um profissional de psicologia que será capaz de refletir, no resultado, a realidade do aluno. Por exemplo, caso ele tenha se mostrado apto para atividades marítimas, porém não more em um local próximo ao mar, o conselheiro pode apresentar os resultados de forma a destacar a biologia geral ou marítima.

É dever do profissional, portanto, aumentar o leque de opções do candidato com base nas preferências e aptidões dele que até então não eram evidentes. É por isso, também, que é preferível a realização de um teste junto a um profissional que possui bagagem intelectual a fim de lidar com essas situações, base de dados e resultados.

-PODCAST- Guia de profissoes: Engenheiro Civil
-PODCAST- Guia de profissoes: Médico
Vestibular 2020: O que revisar nas semanas que antecedem a prova.

Mais post...

Luteria: conheça o curso que ensina a fabricar instrumentos musicais

Quem gosta de música tem algumas opções de cursos para escolher. Um deles é o de Luteria! Esse profissional é responsável…

Como me tornar um redator digital? Saiba tudo aqui!

O mercado de trabalho para redator está cada vez mais atraente. Isso se deve ao avanço tecnológico e o surgimento…

Existe graduação para coaching? Veja como se especializar nesta área

O coaching é um tipo de carreira que cresceu muito nos últimos anos. Sua atuação é focada em desenvolver…